Walter Cajazeira

S A L M O
                        à irmã Dulce
                  
 
 
Bendigo meu sofrimento: 
Jesus mo deu para o Bem; 
Bendigo meu sofrimento, 
Com olhos fitos no Além... 

Eu quero meu coração, 
Lavado de todo mal, 
Aberto para o perdão, 
E a todos querendo igual. 

Querendo a todos, na vida, 
como quero tanto aos meus, 
Alma feliz, sem ferida... 
Eu tenho as graças de Deus!

 
                                                                     
Remetente: Walter Cid

[ ÍNDICE DO AUTOR ][ PÁGINA PRINCIPAL ]
 
 
 
 
 Página editada  por  Alisson de Castro,  Jornal de Poesia,  28  de  Maio  de  1998