Anderson Rogério Fontanez 

Somos Um
 
No jardim do campo nobre
Encontrei apenas jasmim
O jasmim contava a minha vida
porque sofreu igual a mim.

Vivia num canto de pedra
onde demorava a crescer
Também como poderia viver
se estava a ponto de morrer.

O sofrimento assim nos uniu
num grito de solidão
Hoje somos apenas um
esquecidos na imensidão.

 
Remetente: Usina dos Sonhos

[ ÍNDICE DO POETA ][ PÁGINA PRINCIPAL ]
 
 
 
Página editada por  Alisson de Castro,  Jornal de Poesia,  15 de dezembro de 1997