António Arnaut

Geografia de Portugal

Noventa mil quilómetros quadrados de ousadia e sofrimento: A oriente, a Espanha, A norte, a terra galega. A sul e ocidente, a dor tamanha Do mar que já não chega, Mas onde ainda ficaram, Talhadas em rocha dura, As ilhas que semearam as pégadas da aventura.


* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *