Argemiro de Paula Garcia Filho


Pedido de Desligamento

Senhor CAlex, por favor não me incomode, meu correio anda cheio de tanta aporrinhação. Senhor CAlex, a poesia não me acode o que eu quero e' ter dinheiro tanto assim que, em fevereiro, eu trabalho pro patrão. Senhor CAlex, que vantagem o senhor leva em mandar tanta poesia, a tanta gente, todo dia, sem receber um tostão? Senhor CAlex, quero a vida sempre em treva, não quero trova, a poesia não escova meu bolso sempre sem tostão.

Salvador, 19/12/96

* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *